Devocionais

Sem pressa e sem procrastinação

março 27, 2017
agora 27-03

Estamos seguindo para mais um fim de mês Em quatro dias março terá terminado. É assim a cada 30 dias, ou 31 dias, um mês se acaba e outro se inicia. Convencionamos medir nossa existência por este parâmetro e ele nos ajuda a perceber a passagem do tempo. Há quem não goste de pensar nisso, que o tempo está passando, mas é um fato e seria de grande proveito aprendermos um pouco com ele. A passagem de um mês pode ser uma grande aliada para mudanças necessárias, porque representa o encerramento de uma etapa e o início de outra. E isso é importante para os processos de mudanças em nossa vida. Já que estamos terminando, que tal nos ajustar e tomar algumas decisões que possam nos ajudar a viver com mais sabedoria o novo mês?

No texto de hoje, Paulo está dizendo aos cristãos de Éfeso que eles deveriam ser mais sábios e aproveitarem melhor as oportunidades, visto que elas são cada vez menos frequentes (os dias são maus). Eles deveriam viver como sábios e não como insensatos! Insensatez é a característica de quem age sem refletir. Se não refletimos, tendemos a cometer dois erros lamentáveis: a pressa e a procrastinação. Elas podem parecer estranhas uma à outra, mas são irmãs gêmeas. Brotam do mesmo galho: a insensatez. A pressa é resultado de nossa falta de equilíbrio, de não sabermos lidar com nossos impulsos. Falamos de forma errada, na hora errada e com a pessoa errada. Agimos impensadamente, precipitadamente, sem de fato possuir todas as informações. Nos comprometemos e depois nos vemos em aperto. Por outro lado, a procrastinação, também filha da insensatez, nos leva a arrumar desculpas para não agir. Vamos deixando para depois, evitando o que nos custa alguma coisa, embora saibamos que precisamos agir. Nos iludimos pensando que teremos tempo, que será fácil, que tudo depende apenas de nossa vontade e então, adiamos atitudes, decisões, trabalhos, estudos, conversas, encontros e outras coisas. Já deveríamos ter entendido que tanto a pressa quanto a procrastinação cobram seu preço e não melhoram nossa vida.

Em abril, sejamos sábios! Vamos lidar melhor com essas duas filhas da insensatez. O tempo é precioso demais para lidarmos mal com ele. Vamos parar de ser apressados quando deveríamos ir com calma e refletir um pouco mais. E vamos também parar de adiar, quando sabemos que precisamos agir. A vida cristã é viver em comunhão com Deus. Ele não é apressado e nem procrastinador. Devemos aprender com Ele. Mais que isso, devemos contar com a atuação do Espírito Santo para nos guiar num estilo de vida mais sábio. Que tenhamos novos meses sem pressa e sem procrastinação e que Deus seja honrado e pessoas abençoadas por nosso estilo de vida mais sábio.

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply